Notícias de União e Região

Segundo suspeito de matar vigilante é preso pela polícia

A Polícia Civil prendeu nesta terça-feira (4) o último suspeito de envolvimento na morte do vigilante Francisco Alves de Carvalho, de 56 anos, no dia 28 de fevereiro. Além dele, outro suspeito de envolvimento no crime, que havia sido ouvido pela Polícia Civil e liberado na última sexta-feira (31), também foi preso.

O homem foi localizado e preso no bairro onde mora, o mesmo onde cometeu o crime: o Parque Alvorada, na Zona Norte de Teresina. De acordo com o delegado Genival Vilela, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), o suspeito tem um corte superficial na região do abdômen, desferido pela vítima com um facão no momento do crime.

“Pelo que havia sido dito antes, imaginei que ele estava em estado gravíssimo. Mas não, foi um corte superficial. Nem suturaram o corte dele”, comentou o delegado Genival Vilela.

Já o segundo suspeito de participação, que havia sido preso na última sexta-feira (31) e liberado em seguida, foi preso novamente em cumprimento a um mandado de prisão. Naquela ocasião, segundo o delegado, ele foi preso suspeito por um assalto cometido no ano de 2019, contra uma mulher no Centro de Teresina. Nesta terça, foi preso novamente, suspeito de participar do assassinato do vigilante.

Segundo o delegado Genival Vilela, durante esta prisão os policiais já acreditavam que ele havia participado do assassinato, mas não havia ordem judicial para a prisão, e o prazo da prisão em flagrante, que dura 24 horas após o crime, havia expirado.

“Naquele momento, nós já sabíamos do envolvimento dele. Mas, por força de lei, ele não podia ser preso. Teve que ser ouvido e liberado. Agora, ele já está preso mesmo, por ordem judicial. Quer dizer, a prisão está de acordo com a lei”, disse o delegado Genival Vilela.

Via g1.com/Piauí

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: