Notícias de União e Região

Principais cemitérios do município de União estão sem espaço para novos sepultamentos.

Além da dor da perda, familiares dos mortos tem que lidar com a falta de espaço para sepultar seus entes que partiram.

Cidade que não tem onde enterrar seus mortos, assim tem sido a situação do município de União-PI. Com o cemitério local superlotado, e alguns da zona rural na mesma situação, e com a população se multiplicando, o único cemitério na zona urbana continua praticamente com o mesmo espaço. Devido a esse é vários outros fatores,
Muitas pessoas simplesmente fica a mercê da boa boa vontade de parentes e até de amigos para poder sepultar seus entes queridos. Pois muitos cidadãos compararam com antecedência lotes no cemitério local. Drama parecido se repete na zona rural, nos principais povoados e localidades.

Em União, o problema se torna bem mais complexo, visto que há somente um cemitério ativo na cidade. Essa é uma situação muito constrangedora, “num momento tão difícil da vida da gente, perder um ente querido e não ter nem sequer onde sepultar”.

Aquisição de mais espaço para o cemitério local.

Durante a última gestão, foi adquirido mais espaço, com aquisição de um terreno nos fundos do atual cemitério, mas que não foi suficiente para a demanda. Na zona rural foi tentado a mesma solução, mas que devidos valores, não houve acordo entre prefeitura e proprietários de terras ao lado dos cemitérios.

Uma alternativa.

Uma alternativa encontrada por muitas pessoas, já que não há espaço nos cemitérios de União, foi levar os mortos para a vizinha cidade de Lagoa Alegre-PI, distante 28 km de União..

Segundo informações, a prefeitura de União ainda não tem uma solução para a superlotação nos cemitério local nem para um novo local para um novo cemitério, enquanto isso a população tenta se virar para sepultar seus entes que partiram.

Comentários estão fechados.