Notícias de União e Região

Divulgada a lista com todos os presos na Operação Topique

A reportagem de O Dia teve acesso aos nomes dos presos na Operação Topique , que foi deflagrada ontem (02) pela Polícia Federal. A ação teve o objetivo de desarticular fraudes em contratos de licitações de transporte escolar firmados entre o Governo, Prefeituras do Piauí e do Maranhão e empresas privadas.

Ao todo, 23 pessoas foram detidas na ação. São elas: Lívia de Oliveira Saraiva, Charlene Silva Medeiros, Lana Mara Costa Sousa, Magna Ribeiro da Silva Flizikowski, Maria Anniele de Fátima Almeida, Suyana Soares Cardoso, Sicilia Amazonas Soares Borges, Francisca Camila de Sousa Pereira, Paula Rodrigues de Sousa dos Santos, Elisandra Pereira Lima, Lisiane Lustosa Almendra, Antônio Lima de Matos da Costa, Luís Carlos Magno Silva, Carlos Augusto Ribeiro de Alexandrino Filho, Miguel Alves Lima, Odair Gomes Leal, Raimundo Félix Saraiva Filho, Rodrigo José da Silva Júnior, Luiz Gabriel da Silva Carvalho, Samuel Rodrigues Feitosa, Ester Marina Dantas Magalhães, Antônio Ribeiro da Silva.

A 23ª pessoa presa foi liberada ainda ontem (02) e teve seu nome retirado da lista de detidos após a polícia não ter encontrado provas suficientes do seu envolvimento no esquema de fraudes. Além dela, outros dois presos entraram hoje (03) com um pedido de liberdade junto à Justiça. São eles: Francisca Camila de Sousa Pereira e Lisiane Lustosa Almendra.

Durante todo o dia de hoje, acontecem as audiências de custódias dos alvos da operação, presididas pelo juiz Agliberto Gomes Machado, titular da 3ª Vara da Justiça Federal de Teresina. Na ocasião, são discutidas as condições e circunstâncias das prisões os próximos encaminhamentos dos processos, bem como os pedidos de liberdades impetrados pelas defesas dos suspeitos.

Os presos devem responder na Justiça pelos crimes de fraudes em licitação, estelionato, desvio de recursos e crime de responsabilidade, no caso de gestores. Os 14 mandados de prisão preventiva, 9 mandados de prisão temporária e 40 mandados de busca e apreensão foram cumpridos nas cidades piauienses de São Raimundo Nonato, Campo Maior, Miguel Alves, Luís Correia e Regeneração, e nas cidades maranhenses de Timon e São João do Sóter.

“O foco é nas empresas e não na gestão”, diz governador sobre operação

O governador Welington Dias comentou a operação Topique e disse que o foco da ação da PF era as empresas e não a gestão pública. “Foi dito que há contratos que são firmados e as empresas terceirizam os serviços. Assim como um comerciante decide montar um negocio e tem que alugar um estabelecimento, por exemplo. Não há erro. Houve uma mudança no modelo de contrato. Antes se pagava por quilômetro rodado. Hoje, pagamos por aluno”, afirma.

De acordo com o gestor a operação poderá afetar o funcionamento do transporte de alunos. “Todos os dias são transportados 60 mil alunos. Esses contratos precisam ser cumpridos, afim de não atrapalhar as atividades escolares. O Estado precisa garantir as condições das aulas”, completa.

Por: Maria Clara Estrêla e Geici Mello, com informações de Ithyara Borges e Lalesca Setúbal (O Dia TV)

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: