Notícias de União e Região

Pré-candidato Fábio Sérvio diz que governo usa propaganda fora da realidade

O jornalista e empresário Fabio Sérvio, pré-candidato ao governo do estado pelo PSL, o partido do presidenciável Bolsonaro, participou nesta sexta-feira(29) de uma entrevista na TV Cidade Verde.

Primeiramente, o pré-candidato enfatizou que Bolsonaro tem sim posições firmes, mas que elas têm sido utilizadas de forma distorcida, dependendo do interesse de quem as utiliza.

“Isso acontece num país onde os políticos estão acostumados a esconder seus pensamentos, suas intenções, e a fazer tudo no escuro, debaixo dos panos, quando alguém chega com posicionamento firme, sendo duro, porque a realidade do país no pós-lavajato requer isso. Ele se posiciona contra uma classe política inteira, contra o processo de envelhecimento dos padrões éticos e morais no país que levou a essa decadência. O que o Bolsonaro está fazendo é ser contundente, em um país que ficou submerso a uma classe política”.

Sobre a própria pré-campanha, Fábio Sérvio destacou que tem percorrido o interior do estado para conhecer a realidade. “A realidade mostrada pela propaganda do governo é uma, e ela é muito distorcida e a realidade que a gente vê in loco é muito diferente”.

“Não sou político, nunca exerci mandato eletivo, estou sacrificando a minha família e as minhas empresas em uma perseguição nunca antes vista, enfrentando um esquema do governo do estado, esse governo que eu critico sim, e com veemência, pois é um governo que quer controlar tudo, controla hoje a Assembleia Legislativa, trazendo 15 suplentes de deputados, uma situação nunca antes vista na história”.

O pré-candidato criticou a situação encontrada em alguns hospitais, como em Picos, em que apesar do desconforto da enfermaria, que não tinha climatização, uma placa do governo anuncia que a instituição está em reforma. Sérvio também criticou a educação, anunciada como revolucionária, mas que no ano de 2015 obteve um resultado muito aquém na Prova Brasil. “Dos estudantes que realizaram a prova, do 9º ano do Ensino Fundamental das escolas estaduais, apenas 9% souberam resolver os exercícios de matemática. Essa realidade condiz com a propaganda do governo que fala sobre uma revolução na educação?”

Fábio Sérvio finaliza destacando que a população deve aproveitar a eleição para promover uma mudança na política do estado. “Não podemos perder mais tempo do que o que já foi jogado fora, gerações inteiras viram a política envelhecer no estado do Piauí sem uma vírgula de renovação. A nossa caminhada serve para mostrar que não é só quem está em mandato que pode pleitear e que mais importante que pleitear cargos, é a situação do estado!”.

Comentários estão fechados.

%d blogueiros gostam disto: