Notícias de União e Região

Teresina e a violência Sem Freio

Na hora que se vincula um conteúdo relacionado à essa violência desenfreada que todos os dias, toma conta de nossa capital Teresina, nos aparece uns especialistas em segurança pública, com a seguinte afirmação: “A culpa é da justiça, a policia prende e a justiça solta”, é só o que eles sabem falar, deve ser porque graças à Deus, esses especialistas nunca perderam um membro familiar para violência crescente em nossa Teresina, que os fizessem pela dor mudar esse discurso fraco e sem poder de convencimento.

Talvez esses conceituados especialistas formados pelas mídias sociais, não conheçam a importância do policiamento ostensivo, quando se é feito na medida certa e na prática. Se engana quem pensa que são as Blitz que reduzirão os números crescentes de assaltos em nossa Cidade.

Se não houver uma restruturação em nosso aparelho de segurança pública, urgentemente, a tendência é piorar, precisamos urgentemente da ampliação de nosso contingente policial, como a restruturação de nossos BPM’s lhes proporcionando condições de proceder com o trabalho de Policiamento Ostensivo, na prática, e não de forma fictícia.


Na tarde dessa quarta-feira (22/07), o policial militar Lídio Mesquita, lotado no 13°”Batalhão de Polícia Militar”(BPM), foi executado durante um latrocínio na Vila São Francisco, na zona norte de Teresina. A vítima foi surpreendido por 02 (dois) assaltantes que não lhes deram chance de reação, atirando logo. A motocicleta da vítima foi levada.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: