Notícias de União e Região

Cancelamento de sessão da Câmara Municipal de União é visto como tentativa de esconder o caso do dinheiro na Amarok

No último domingo, 03 de maio, a Mesa Diretora da Câmara Municipal de União, através do seu presidente, Vereador, Feitosa, convocou Sessão Extraordinária e presencial, para a terça fera, 05 de maio. A convocação teria sido motivada por conta da grande repercussão a cerca da apreensão na madrugada de 1º de maio, de uma AMAROK locada pela prefeitura, onde no interior do veículo havia uma grande quantidade de dinheiro em espécie. Fato de amplo conhecimento. Porém, momentos antes da sessão acontecer, os vereadores foram surpreendidos pelo presidente da casa com o cancelamento da sessão extraordinária.

PRINT DA CONVOCAÇÃO PARA A SESSÃO EXTRAORDINÁRIA

OFÍCIO CANCELANDO A SESSÃO

Desde a noite de domingo, 03 de maio, quando se espalhou a notícia de que haveria uma sessão extra, marcada para o dia 05, terça feira; a população ficou numa grande expectativa em torno da sessão, que trataria sobre o caso Amarok. Porém a expectativa foi frustrada, quando por volta de meio dia, o presidente da Câmara cancelou a sessão. Mesmo diante do cancelamento, os Vereadores: Eduardo Bacelar, Junior Viana, Junior Mota, Gilson Medeiros, Marquim Mota, Manuel Cecílio e Orcivane Coelho, decidiram fazer uma reunião no mesmo horário que deveria acontecer a sessão.

Na hora marcada, os 07 vereadores estavam presentes no plenário da Câmara e seguindo todas as recomendações de proteção contra o COVID-19, deram início à reunião, que foi transmitida simultaneamente pelo rádio e pelo Facebook. Durante mais de 02 horas, os sete vereadores se pronunciaram em torno do Caso Amarok, cobrando explicações e exigindo dos órgãos de controle a devida apuração dos fatos envolvendo a apreensão da Amarok e de uma grande quantidade de dinheiro em espécie, supostamente vindo do Ceará. No decorrer da reunião, os vereadores divulgaram um documento encaminhado aos órgãos de controle, pedindo providências com relação ao episódio!

Ofício informando ao presidente das providências que os vereadores da oposição encaminharam aos órgãos de controle.

Após a notícia do cancelamento da sessão se espalhar na cidade, as redes sociais, grupos de WhatsApp e nas na rodas de conversas, o assunto que rolava, era de que o cancelamento da sessão seria uma tentativa de abafar o caso da Amarok carregada com dinheiro em espécie. Os vereadores faltosos: Vicentin, Alderico, Mascarenhas, Eliane Costa, Frankilandy e Feitosa, estão sendo bombardeados nas redes sociais e nas demais plataformas. Tanto repercutiu negativamente o cancelamento da sessão, como também a ausência dos 06 vereadores da base governista. Apesar de o presidente ter justificado o cancelamento em razão dos protocolos de proteção contra o coronavirus, a população não viu com bons olhos tal atitude!

REUNIÃO DA CÂMARA MUNICIPAL DE UNIÃO, 05/05/2020

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: