Notícias de União e Região

Sem condições de funcionamento, delegacia de Barras ocasiona surto de dengue em policiais civis

O Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Piauí (Sinpolpi) recebeu denúncias sobre a situação do prédio da delegacia do município de Barras. De acordo com as informações, o local encontra-se totalmente impossibilitado de oferecer o mínimo de segurança e conforto para os policiais civis e para a sociedade que necessita dos serviços.

No pátio da delegacia existem inúmeros veículos abandonados que, após as chuvas, acumularam água e estão servindo como criadouros de mosquitos da dengue. Além disso, o sistema hidráulico está comprometido, ocasionando falta de água nas torneiras e infiltrações no prédio inteiro.

Segundo relatos, todos os policiais civis da delegacia já contraíram dengue, mas, mesmo assim, nenhuma providência sanitária foi tomada para a resolução do problema.

whatsapp_image_2020-03-12_at_11.55.42_(1)
whatsapp_image_2020-03-12_at_11.55.43_(1)
whatsapp_image_2020-03-12_at_11.55.48_(1)
whatsapp_image_2020-03-12_at_11.55.47_(1)

A parte elétrica também traz riscos para todos que frequentam a delegacia, com fios expostos e ligações comprometidas, alguns equipamentos como computadores, telefones e impressoras estão sem funcionar.

O presidente do Sinpolpi, Constantino Júnior, afirma que essa situação deplorável é inaceitável. Todos os policiais civis que lá trabalham e a sociedade estão em risco ao entrarem no prédio.

whatsapp_image_2020-03-12_at_11.55.42_(2)
whatsapp_image_2020-03-12_at_11.55.47
whatsapp_image_2020-03-10_at_10.48.20

“Nós lamentamos que a política de gestão da secretaria de segurança pública, representada pelo secretário Fábio Abreu, seja de abandono e desvalorização. Vemos como o Estado não quer investir em delegacias do interior, deixando todos dependentes de péssimas condições de trabalho. Mesmo com denúncias realizadas a situação não melhora, agora, queremos realizar intervenções que paralisem o trabalho para chamarmos a atenção do governo”, informou o presidente.  

Fonte: Imprensa Sinpolpi

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: