Notícias de União e Região

Justiça nega Hábeas Corpus à acusada de assassinar esposa do amante em União

O Desembargador Pedro de Alcântara da Silva Macedo da 1^  Câmara Especializada Criminal do Tribunal de justiça do Estado do Piauí (TJ-PI), negou pedido de  Hábeas Corpus da defesa de Samila Alves Andrade, acusada de assassinar Domingas Maria Lázaro da Silva, esposa do seu amante na cidade de União, crime ocorrido em Janeiro de 2019.

Na decisão, o Desembargador destacou que existem indícios suficiente que comprovam a autoria ou participação da acusada no crime.

O crime aconteceu enfrente a casa da vítima, na Rua São Jorge,no loteamento Verde. Samila em depoimento confessou a autoria do crime a autoridade polícial.

Domingas foi morta com pelo menos cinco facadas.

A decisão do desembargador foi publicada na última quarta-feira (11/12) no Diário Eletrônico de Justiça do Piauí.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: