Notícias de União e Região

FBI divulga estudo mostrando símbolos usados por pedófilos

O  Portal  ANDIF divulga um estudo elaborado pelo  Federal Bureau of Investigation-FBI (Departamento Federal de Investigação) que revela alguns símbolos utilizados por pedófilos para atraírem as suas vítimas( crianças e adolescentes). Preocupado com esta situação, o Instituto mostra que os símbolos são sempre compostos pela  união de dois semelhantes, um dentro do outro. A forma  maior identifica o adulto, a menor a criança. A  diferença de tamanho demonstra a  preferência por crianças maiores ou  menores. Segundo o relatório do FBI, os triângulos (boxe abaixo) representam homens que  adoram meninos (o detalhe cruel é o triângulo mais  fino, que representa homens que gostam de meninos  bem pequenos); o coração são homens (ou mulheres)  que gostam de meninas e a borboleta são aqueles que  gostam de ambos. A ideia dos triângulos e corações  concêntricos é a da figura maior envolvendo a figura  menor, numa genialidade pervertida de um conceito  gráfico. Existe um requinte de crueldade, pois esses  seres fazem questão de se exibir em código para  outros, fazendo desses símbolos bijuterias, moedas,  troféus, adesivo e o que mais se queira(boxe  abaixo).    

Pedofilia no Brasil
Um site colocou no ar orientações sobre como abordar crianças para posterior abuso sexual, além da defesa aberta da pedofilia. “Havia até mesmo um manual de aliciamento de crianças”, revoltou-se o delegado do Núcleo de Repressão aos Crimes Cibernéticos de Curitiba, Fúlvio Cardinelli Garcia. Em dez anos de atuação na área, esse foi um dos casos mais graves por ele presenciado.
Mesmo com as operações policiais, as campanhas de conscientização e até uma Comisão Parlamentar de Inquérito (CPI) no Senado (encerrada em dezembro de 2010), as denúncias de pedofilia não diminuem no País. Pelo contrário, passam de duas por hora. Só nos dois primeiros meses deste ano, foram registradas 66% mais reclamações – foram 3.999 relatos desse gênero na Central Nacional de Denúncias, mantida pela ONG SaferNet. No mesmo período de 2011, houve 2.404 denúncias.
As queixas de pedofilia respondem por mais da metade das denúncias enviadas à Central Nacional e crescem em um ritmo bem maior. Somente nos dois primeiros meses deste ano, a Central Nacional de Denúncias recebeu cinco queixas por dia de crimes cibernéticos são 7.353 registros. As denúncias feitas à SaferNet aumentaram 15,4%, em comparação com janeiro e fevereiro do ano passado.
Para combater o abuso infantil na web, uma série de projetos ainda tramita no Congresso Nacional, a maioria de autoria da CPI da Pedofilia. Em maio, o Senado aprovou projeto de lei que autoriza a infiltração de agentes de polícia na internet para investigar crimes de pedofilia. Segue ainda em pauta a criação de um banco de dados online de pedófilos e propostas para tornar mais rígida a legislação penal.
A própria CPI surgiu de uma operação antipedofilia, a Carrossel, deflagrada em dezembro de 2009. Ela investigou suspeitos de 79 outros países e só no Brasil cumpriu 102 mandados de busca e apreensão em 14 Estados. Ao todo, a Polícia Federal (PF) rastreou cerca de 3,8 mil acessos de computadores à internet.

Símbolos da Pedofilia

Agência ANDIF

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: