Notícias de União e Região

Homem com familiares na cidade de União é morto a tiros após suposta oferta de trabalho na zona leste de Teresina.

Um homem, identificado como Luis Carlos Cunha Gonzaga, de 44 anos, foi assassinado com um tiro na cabeça nesta sexta-feira (27) na Avenida Zequinha Freire, Zona Leste de Teresina. A vítima, que trabalhava como pedreiro, foi morta com vários disparos após ter sido chamado para realizar um serviço. O Instituto de Medicina Legal (IML) esteve no local e recolheu o corpo.

O delegado Jarbas Lima informou que Luis Carlos trabalhava recebeu uma ligação para um trabalho quando foi abordado por uma dupla. “Um familiar relatou que ele recebeu uma ligação telefônica requisitando os serviços dele de pedreiro porque ele mora aqui próximo. Chegando ao local ele estava parado quando dois homens chegaram em uma motocicleta e efetuaram vários disparos contra as costas dele”, informou.

A vítima ainda tentou fugir dos tiros, mas acabou caindo. “Ele chegou a vir correndo e caiu. Um dos homens ainda veio perto dele e disse para ele levantar para executar ele com um tiro na cabeça”, afirmou o delegado ao G1.


Segundo o delegado não se sabe quantos tiros acertaram a vítima. “Foram pelo menos cinco disparos e a perícia vai nos informar quantos foram no corpo. Informações de pessoas dão conta de pelo menos cinco disparos. Foi uma execução que seria ou por dívida ou crime passional”, contou Jarbas Lima.

A avenida foi temporariamente interditada enquanto a Polícia Técnico-científica realizava os procedimentos legais. Após a perícia, o IML recolheu o corpo do homem e a via foi liberada.

Delegado Jarbas Lima afirmou que foram efetuados vários disparos contra a vítima (Foto: Lucas Marreiros / G1)

Comentários estão fechados.