Notícias de União e Região

VENCENDO NO CANSAÇO

Em greve há um mês, servidores municipais de União, várias categorias já começam a dar sinais de que não serão atendidos em seus pleitos. Muitos servidores, principalmente da área da saúde já admitem que não conseguem mais grevar pois pois até agora a prefeitura não deu efetiva demonstração de que pretenda ceder em algum ponto para os servidores. “Eu não aguento mais continuar em greve, estou me sentindo inútil, preciso voltar ao trabalho, pois as pessoas, principalmente as mais necessitadas são as que mais sofrem com a nossa ausência”, disse um servidor que pediu para não ser identificado. Mas acrescentou: “O que o prefeito está fazendo, é tentar vencer a gente no cansaço e, da minha parte ele já conseguiu, não aguento mais me sentir inútil”, disse.
Mas, ao que parece, o cansaço não é geral. Muitos servidores estão dispostos a dar continuidade ao movimento grevista. “Não estamos implorando favores ao senhor prefeito, queremos somente o que nos é de direito, que até agora ele vem nos negando… fiz concurso, sou efetivo, diferentemente deles que estão só passando uma chuva… Lamento muito pelas pessoas que necessitam dos nossos serviços, mas lamento mais ainda, pelo fato de não poder desempenar nossas atividades com toda a atenção que as pessoas precisam, pois a prefeitura não nos dar as condições necessárias para que possamos oferecer um serviço com a qualidade que a população merece… Não estou nesse movimento pensando apenas nas minhas vantagens salariais, mas estamos também lutando por melhores condições de serviços, acreditamos que a população mereça o melhor”, disse outro servidor.
Sabe-se que o prefeito acaba de chegar de viagem a São Paulo e espera-se que haja nova rodada de negociação.

Comentários estão fechados.