Notícias de União e Região

Greve Geral em União. Entenda os motivos

Durante a Assembleia Geral dos Servidores, realizada em 23 Março, os servidores públicos decidiram paralisar as atividades a partir quarta-feira, dia 28 e por tempo indeterminado.

Vamos aos fatos:
✓ Servidores sem reajuste anual dos vencimentos e gratificações conforme planos de carreira Municipal ( Vencimento congelados há 5 anos)
✔ piso nacional *( magistério) não reajustado e sem retroativos;
✓ Várias escolas sem professores, merendeiras, vigias e zeladores. Até o momento tem aluno de escolas da zona urbana e rural que não tiveram um dia de aula. Exemplos: aluno da comunidade Malhada, creche Haidy , Clívia Boa Vista e muitas outras.
✓ Alunos especiais sem atendimento adequado. ( Sem cuidadores com formação ou sem nenhum profissional) ou fora da escola por se recusarem a ir p outras escolas devido à nucleação (04 alunos da comunidade Terra Vermelha sem garantia de aula)
✓ Alunos indo embora cedo por falta de merenda;
✓ Escolas sem bebedouro, água, ventiladores e carteira ( Mussum , Lilásia e outras);
✓ Município perdendo alunos para outros municípios pela nucleação das escolas divisas de Município ( Bebedouro perdeu 18 alunos p escola Buritirana- Miguel Alves);
✓ Falta de estrutura nas escolas nucleadas para atender alunos da educação infantil;
✓ Falta de transporte para alunos ( Os alunos da Tabocas estão compartilhando transporte com professores);
✓ Manutenção de turmas multisseriadas e superlotadas ( reclamações das comunidades e professores)
✓ contratação de professores, cuidadores servidores sem seletivo;
✓ Não recolhimento de Contribuição previdenciária sobre o 2° turno dos professores;
✓ Não repasse dos recursos da merenda escolar para a escola filantrópica Patronato e CIME;
✓ Equipes da saúde da família sem médico ( Vila II e São Pedro e David Caldas)
✓ Atraso de salário dos servidores terceirizados e dos transportes;
✓Não regulamentação das gratificações de produtividade e insalubridade;
✓ Pagamento de adicional noturno e de produtividade abaixo dos percentuais dos planos de carreira;
✓ Não pagamento de horas/extras aos vigias;
✓ Não fornecimento de fardamento aos ACE e ACS;
✓Não estudo e aprovação do Plano de carreira dos ACE e ACS;
✓ Publicação de edital para seletivo provisório com vários erros e já cancelado, agravando ainda mais a situação de muitas secretarias e da comunidade que precisam destes serviços.

Comentários estão fechados.