Notícias de União e Região

Presidente do Sindicato dos Servidores desafia prefeito de União a dar aulas para suprir a falta de professores

Prefeito de União, Paulo Henrique Costa – PSD, cortou o segundo turno de professores efetivos e penaliza os alunos

LUCÉLIA SARAIVA – PRESIDENTE DO SSPU

Presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de União, Lucélia saraiva, denuncia que alunos das escolas do município estão sem professores, é o caso, por exemplo, da Unidade escolar Francisco da Cunha Machado, na localidade Liberdade. Na referida escola faltam professores do maternal, pré I – 08 aulas sem professores; pré II e primeiro ano, também com 08 aulas sem professores e uma aula no quinto ano, disciplina de inglês, também sem professor. Na referida escola, o prefeito tirou o segundo turno de 6 professores.

De acordo com o Sindicato dos servidores, tal medida adotada pelo prefeito de União, em cortar o segundo turno dos professores, causou um prejuízo em praticamente todas as escolas da rede municipal de União, comprometendo os 200 dias letivos que os alunos têm direito. Em 10 unidades escolares visitadas pela equipe do SSPU, a situação é praticamente a mesma! E os problemas vão muito além da falta de professores! Existem vários problemas estruturais e até falta de merenda de qualidade para as crianças, pois a merenda que está sendo servida é somente suco com biscoito; falta de ventiladores, goteiras nas salas de aulas, dentre outros problemas.

Ainda de acordo com Lucélia Saraiva, crianças da educação infantil estão sem a presença de monitores no transporte escolar. Crianças de 3 anos, estão indo para as escolas apenas com o motorista. Na época da nucleação escolar, o prefeito se comprometeu perante ao Ministério Público que disponibilizaria monitores para acompanhar as crianças no trajeto ida e volta, de suas casas para as escolas, mas não é o que está acontecendo na atualidade. Diante das situações encontradas nas escolas, a presidente do sindicato dos servidores fez um desafio ao prefeito! [ano passado fizemos várias denúncias sobre a falta de médicos no hospital de União, e o prefeito foi lá e assumiu um plantão. Hoje eu desafio: prefeito, venha aqui na escola da Liberdade, vá na escola de Novo Nilo, vá na escola de David Caldas, vá na escola Joana Maria – lá está precisando de professor. Você pode até dizer – não, mas eu não sou professor! Mas você tem uma equipe, você tem um secretário de educação que é professor… peça para que eles se dirijam e vão dar aulas para os alunos, enquanto esse quadro não é reposto no município de União], desafia Lucélia Saraiva.

O desafio lançado pela presidente do sindicato dos servidores municipais de União, está tendo uma grande repercussão nas redes sociais e grupos de WhatsApp. Será que o senhor, Prefeito, Paulo Henrique Costa vai topar o desafio?  Confira o vídeo na íntegra!

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: