Notícias de União e Região

Ex-prefeito Zé Barros está inelegível por 8 anos. TRF 1 negou recurso do petista

O Tribunal Regional Federal da Primeira Região acaba de frear às pretensões políticas do ex-prefeito de União, José Barros Sobrinho. A Terceira Turma do TRF 1, negou na tarde de ontem, 08/10, por UNANIMIDADE o recurso de Zé Barros. Com a decisão, o petista caiu na Lei da Ficha Suja e está fora da corrida eleitoral do ano que vem.

FOTO DA INTERNET: TRF 1 CORTA AS ASAS DE ZÉ BARROS, EX-PREFEITO ESTÁ INELEGÍVEL POR 8 ANOS!

O ex-prefeito havia sido condenado a 7 meses de detenção pela prática de crime de crime de desvios ou aplicação indevida de recursos públicos durante sua gestão na prefeitura de União, de acordo com o inciso III, do artigo 1º do Decreto Lei 201/67. A condenação de Zé Barros se deu ainda em 2017, após a constatação da transferência de R$ 2,3 milhões de reais da conta do FUNDEB para a conta de livre movimentação do município, no período de 29 de janeiro de 2010 a 26 de agosto de 2011, além do gasto de R$ 67.050 com assessoria jurídica e contábil, despesas que não não se caracterizam como manutenção e desenvolvimento do ensino.

Também ficou comprovado pela CGU – Controladoria Geral da União, um prejuízo de R$ 327.630,40 ao erário municipal. Procurado na manhã de hoje, 09/10, pela equipe do portal GP1, para comentar o caso, o ex-preito, Zé Barros – PT, disse: “a condenação foi por uma movimentação indevida e que ficou comprovada nos autos que a prefeitura atendeu os índices constitucionais de gastos de 60% com professor e 25% com a educação”.

Fonte: Portal GP1.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: