Notícias de União e Região

Os absurdos na cidade das maravilhas

REMÉDIO PISADO NO PILÃO

A falta de medicamentos em um hospital do porte do hospital de União é o cúmulo do absurdo! O absurdo é tamanho, que familiares chegam a comprar nas farmácias particulares, os medicamentos que deveriam estar disponíveis na casa de saúde.

Para completar o absurdo, um medicamento teve de ser pisado no pilão e dissolvido em água. “Pode isso, Arnaldo?”.

EXAME DE IMAGEM NA BOLA DE CRISTAL

Como pode um hospital emitir laudo indicando fratura exposta em uma idosa de 80 anos, quando não havia fratura na paciente?

Mas aconteceu! E por conta de tal diagnóstico, a idosa teve de aguardar a regulação por mas de 12 horas. A mesma havia sido atacada por uma raposa na madrugada de domingo, na zona rural de União.

A idosa precisava somente da vacina antirrábica, que só está disponível em Teresina.

Talvez seja mais recomendado trocar o aparelho de Raio X por uma bola de cristal!

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS

O clássico da literatura mundial “Alice no País das Maravilhas” ganhou uma versão estanhadense!

Na adaptação ficou: “PH na cidade das maravilhas”. Quando o prefeito, Paulo Henrique fala da cidade gerida por ele, União é descrita como algo superior ao Jardim do Éden! O prefeito parece falar da “Cidade das Maravilhas”!

UM POMAR DE LARANJAS

Corre à boca pequena na chamada rádio calçada, a informação da existência de funcionários “laranjas” lotados como comissionados na PMU, mas a grana seria repassada para uma figura influente na cidade. A “rádio calçada” não costuma inventar. Será que tem laranjas nesse pomar?

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: