Notícias de União e Região

Emergência do Hospital de União deve ser reaberta em setembro. Centro cirúrgico segue indefinido

Durante reunião com os Conselheiros Municipais de Saúde, ocorrida na manhã desta terça feira, 25/05; o prefeito, Paulo Henrique Costa – PSD, afirmou que a previsão de abertura da Emergência do Hospital de União é para 17 de setembro – aniversário da cidade. Quando questionado pelos Conselheiros a respeito da reabertura do Centro Cirúrgico do Hospital, o prefeito foi enfático, ao afirmar que: […centro cirúrgico eu só abro, se o governo do estado me der a equipe cirúrgica e o anestesista… o resto município segura], falou o prefeito. Vale lembrar que os repasses referentes ao cofinanciamento do governo estadual chega a atrasar até 04 meses em todo o estado, inclusive em União. Ou seja, se a reabertura do Centro Cirúrgico de União depender do governador Wellington Dias, a população pode esquecer!

Outro assunto abordado pelos Conselheiros Municipais de Saúde, está a constante falta de vacinas e outros medicamentos. Com relação e esse assunto, a Secretária de Saúde, Enfermeira Socorro afirmou que a situação já foi resolvida. Mas ainda de acordo com a própria secretaria municipal de saúde, geralmente a falta de vacinas se dá pelo fato da central de distribuição de vacinas do estado, nunca mandar as quantidades solicitadas pelo município. “Para vocês terem uma ideia, existem vacinas que a gente solicita 200 doses, mas a SESAPI só manda 50, o que não atende a nossa demanda”, disse a secretária de saúde.

A senhora, Eliane – agente de saúde e conselheira, afirmou durante a reunião, que teve que levar seu neto para receber a vacinação em Lagoa Alegre. “Uma cidade menor que União lá tem vacina e aqui não tem, qual a justificativa”?, questionou. Como resposta a secretária de saúde disse que isso ocorre por conta da demanda. “A demanda de União é muito maior”.

O Conselho de Saúde também cobrou da gestão municipal a disponibilidade de uma técnica de enfermagem para setor de vacinas no Posto de Saúde Nossa Senhora das Graças, já que a profissional que atendia no referido posto, foi colocada à disposição do gabinete da Vereadora Orcivane; segundo o prefeito a pedido da própria vereadora. “É uma situação delicada, a funcionária é uma excelente profissional, presta um excelente serviço, os moradores gostam muito do seu serviço, a disponibilidade dela para a câmara acarreta uma demanda por outra profissional, mais gastos; vamos tentar rever essa situação”, disse o prefeito.

Ao termino da reunião, os conselheiros estavam bastante desanimados com relação à questão do hospital, principalmente por estar condicionada a reabertura do centro cirúrgico à ajuda do governo do estado.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: