Notícias de União e Região

Um Plano de Governo ou FAKE NEWS? Veja a íntegra do plano de governo do atual prefeito de União e tire suas conclusões

O conteúdo postado a seguir está disponível no site do TSE/Eleições 2016. São as propostas de governo do atual prefeito de União. Uma cópia do plano de governo de uma candidatura no município de Paraibano - Maranhão

Virou moda, toda e qualquer notícia que não agrada a gestão atual ser classificada como FAKE NEWS. Mas é bom lembrar que o próprio plano de governo do atual gestor tem várias fake news! Na época da campanha eleitoral, algumas emissoras de televisão do Piauí, trataram com chacota o referido plano, que na verdade é uma cópia do plano de governo de uma candidatura no município de Paraibano – Maranhão. Veja abaixo a íntegra das propostas de governo do à época candidato Paulo Henrique Costa – PSD.

Programa de Governo de UNIÃO PI
[ Dr. Paulo Henrique e Lauro Nery ]
UNIÃO DE TODOS
APRESENTAÇÃO

União é hoje uma cidade promissora, querida por todos os seus moradores e
irá receber nos próximos anos uma das suas melhores administrações. Essa
administração será importante porque vai trazer modernização que impactará diversos
setores da sociedade como saúde, educação, cultura, esporte e lazer, inclusão social,
segurança alimentar, habitação, agricultura, transporte, segurança, gestão ambiental,
assistência social, políticas públicas entre outras. E é considerando este contexto de
efervescências social econômica e cultural que foi concebido esse Programa de
Governo ‘‘UNIÃO DE TODOS”. O programa contempla uma gama de mudanças que
irá melhorar significativamente a vida do cidadão Unionense. Quem conhece Dr.
Paulo Henrique e Lauro Nery sabe da capacidade destes, eles são queridos pelo
povo por sua simplicidade e seu carinho para com os mais necessitados. O povo sabe
da sua competência e não duvida que a sua candidatura seja a única que representa o
caminho da mudança para a nossa querida União. Temos convicção que ela fará da
cidade um local melhor, mais fraterno, mais acolhedor, mais justo e de mais
oportunidades para todos.
As propostas desses verdadeiros guerreiros estão presentes neste Programa
de Governo, elaborado a partir de uma série de debates com os representantes dos
Bairros e com as forças políticas representadas pela coligação que o apoia e a
sociedade civil. E que os projetos sociais e de desenvolvimento do governo federal
finalmente serão melhorados em União, levando benefícios a uma parcela da
população que é ignorada pelo atual governo municipal.
União precisa aproveitar esse momento, e colocar-se no ritmo do Brasil e
transformar essa cidade em um lugar melhor pra se viver dando uma melhor qualidade
de vida para sua população. União é um município privilegiado com suas terras férteis
e tem recursos para assegurar qualidade de vida à sua população, mas falta inversão
de prioridades. Com Dr Paulo Henrique prefeito, Lauro Nery como Vice-prefeito, com
bons vereadores e a população participando, estamos certas que a cidade poderá
crescer ainda mais, distribuindo renda, promovendo a justiça social. Esse governo virá
com uma visão inovadora de gestão pública para garantir mais qualidade de vida à
nossa população é o que pretendemos implantar em nossa cidade. E é isso que
apresentamos a você nas próximas páginas. Você vai conhecer agora o nosso
Programa de Governo, que na realidade não é um elenco de promessas, mas sim um
compromisso que elas assumem com cada morador da nossa querida União.
Com as experiências adquiridas nas administrações anteriores, somada à
adoção das mais bem sucedidas políticas públicas utilizadas no Brasil e no mundo,
orienta nossos passos na busca de soluções para a melhoria da qualidade de vida na
nossa cidade. Essas propostas vão orientar as ações durante o nosso governo.
Elaboradas a partir de debates com lideranças de bairros – nossas propostas estão
abertas às contribuições da sociedade. – partidos da coligação, associações de bairro,
organizações não governamentais, empresários, comerciantes, profissionais liberais.
Isso porque queremos apresentar um Programa de Governo que atenda, de fato, à
expectativa da população. Essas propostas refletem nosso vínculo com a história da
cidade e nosso compromisso com a maioria da população, para garantir que todos
tenham uma boa qualidade de vida.
Queremos uma cidade onde todos possam participar das decisões sobre os
investimentos públicos e fiscalizar os serviços prestados pela Prefeitura. Uma cidade
onde esses serviços sejam suficientes e eficientes, geridos de forma moderna e
transparente. Vamos trabalhar para construção de uma cidade mais agradável, justa e
com inclusão social, pois ela é nosso núcleo mais forte, depois da família. É na cidade
que as pessoas nascem, moram, estudam, trabalham e se divertem. Nela, tudo o que
o poder público faz afeta mais diretamente nossas vidas. Daí a responsabilidade do
governante, que deve gerir o município de forma planejada e articulada com a
sociedade civil organizada, estabelecendo parcerias com diferentes atores da
comunidade e com os governos estadual e federal.
A Comissão Organizadora

EDITORIAL

A elaboração deste Plano de Governo vem mostrar o desejo de realizarmos
uma administração eficaz e eficiente. Para isso, trabalharemos de forma articulada
com outras esferas de poder. Para viabilizar uma das nossas ações centrais na área
de Educação – a participação das demais esferas de governo será fundamental.
Negociarei desde o primeiro dia com o governo estadual e federal.
Nosso Programa de Governo vai centrar sua atuação em torno de grandes
marcas:
• União de todos é: mais educação, mais saúde, mais habitação, mais transporte, mais
assistência social, mais cultura, mais agricultura, mais políticas pública, mais
segurança, mais inclusão social e mais esporte e lazer.
Para viabilizarmos cada uma dessas marcas, apresentamos um grande
número de projetos que são um compromisso meu e da coligação que me apoia.
Alguns são absolutamente prioritários, por isso, eu e a equipe que me acompanhará,
não mediremos esforços para sua efetivação. São eles:
Melhoramento de todos os hospitais municipais no que se refere à Humanização do
atendimento nas unidades de saúde. (TODOS OS HOSPITAIS MUNICIPAIS, COMO ASSIM!? 
• Melhoria da segurança no município.
• Construção de parques nas praças, com equipamentos de qualidade.
• Qualificação dos profissionais de Educação, e melhoramentos dos espaços físicos
educacionais.
Este documento representa nosso compromisso com a cidade. Compromisso
que só se viabilizará se a população puder cobrá-lo. Ao longo do meu governo,
pretendo abrir espaços de prestação de contas para que a população possa cobrar a
realização de tudo com o que me comprometi. E garantimos que esses compromissos
começarão a ser cumpridos desde o primeiro dia de mandato.
Um forte abraço!

COLIGAÇÃO UNIÃO DE TODOS

A cidade de União é o território onde as pessoas vivem, trabalham, produzem,
criam suas famílias e desenvolvem suas potencialidades e seus talentos. Para isso,
precisam de bens e serviços que em grande parte dependem da atuação do poder
público municipal, como é o caso da Saúde, da Educação, da Cultura e do Esporte e
Lazer dentre outros. Um dos resultados mais visíveis da desigualdade e da exclusão
social em União é a situação de pobreza absoluta em que vive parcela significativa da
nossa população.
Não podemos aceitar que em nossa cidade, com os recursos que ela tem,
ainda existam pessoas morando em condições subumanas. É obrigação da sociedade
e em especial do governo municipal transformar essa realidade e assegurar condições
dignas de vida a todos. A inclusão social, dessa maneira, deve dar conta dos aspectos
sociais, econômicos, urbanos e políticos da vida na cidade.
Cabe à Prefeitura de União buscar garantir permanentemente o acesso ao
atendimento integral para todos que procuram a rede pública de Saúde, oferecendo
serviços de qualidade e tratamento humano e respeitoso. Também compete ao
município assegurar na Educação pública o acesso à ciência, à tecnologia, às artes e
à filosofia, contribuindo para que os futuros cidadãos desenvolvam suas habilidades e
potencialidades.
Nossa cidade deve ser acolhedora: é nela que convivemos com nossas
famílias, nossos amigos, nossos vizinhos. É em nossa cidade que,
independentemente de onde tenhamos nascido nos sentimos aceitos, nos sentimos
parte integrante de sua identidade e atuamos como construtores e participantes de
seu desenvolvimento.
Também queremos uma cidade inclusiva, que assegure acesso às políticas
públicas para todos os seus moradores. E que respeite e valorize as características do
ser humano, suas opções e diferenças de raça, de gênero, de geração, de opção
religiosa, de orientação sexual, de condições físicas ou mentais.
Mas a cidade também deve ser o espaço que nos propicie as oportunidades e
os meios para sermos o que sonhamos e o que nossas habilidades e talentos nos
permitam ser. Uma cidade assim, acolhedora, inclusiva e de oportunidades — é
UNIÃO que construiremos!

SAÚDE

• Revitalizar o Programa Estratégia de Saúde da Família, priorizando os bairros de
maior vulnerabilidade.
• Garantir a melhoria e a humanização do atendimento na rede de saúde pública,
assegurando uma postura de atenção e cuidado que responda efetivamente à
expectativa da população.
• Atender à demanda gerada no município, dentro do princípio da universalidade, com
atenção integral à saúde, de forma humanizada e com equidade.
• Introduzir e ampliar os programas do Ministério da Saúde, tais como Estratégia
Saúde da Família (ESF); Programa Brasil Sorridente; Programa de Atendimento
Domiciliar (PAD); Programa de Internação Domiciliar (PID); Farmácia Popular,
Hiperdia; CAPS (Centros de Atenção Psicossocial); Saúde do Idoso; Saúde da Mulher;
Saúde do Homem, entre outros. .
• Buscar maior eficiência nos tratamento fora do domicilio. (TFD).
• Reestruturar os serviços de pronto-atendimento, adequando-os à demanda,
mantendo serviços 24 horas e compatíveis com as necessidades da população.
• Aprimorar o fornecimento gratuito de medicamentos à população na rede de
saúde ou em domicílio.
• Ampliar o atendimento odontológico nas Unidades Básicas de Saúde.
• Reestruturar a Vigilância Sanitária, a partir de constatação das necessidades
levantadas e realizar ações preditivas, preventivas e curativas.
• Aprimorar os programas de atenção integral à saúde da criança e do adolescente, da
mulher, do homem, do idoso, do trabalhador, das pessoas com deficiência, DST/AIDS
e de saúde mental.
• Capacitar os servidores para o atendimento humanizado.
• Disponibilizar profissional nas áreas de geriatria, gerontologia e outras.
• Agilizar as marcações de consultas nos PSF dos Bairros.
• Viabilizar o tratamento de água nos poços da cidade.
• Aquisição de Ambulâncias equipadas.

EDUCAÇÃO

• Construir Centros Integrados de Educação e Lazer como espaços de convivência e
desenvolvimento de programas educativos, socioculturais e de lazer.
• Eliminar o déficit de vagas na educação de 0 a 5 anos, atendendo plenamente a
atual demanda.
• Efetivar a adesão ao Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE) do governo
federal, seguindo as 28 diretrizes pautadas em resultados de avaliação de qualidade e
de rendimento dos estudantes, criando o ciclo de nove anos no Ensino Fundamental.
• Estabelecer um padrão de qualidade na rede municipal de educação, de forma a
garantir o bom atendimento a todos os alunos, sem restrição.
• Reestruturar a proposta pedagógica voltada ao atendimento de jovens e adultos,
organizando um currículo voltado ao mundo do trabalho e que considere as
diversidades, especialmente quanto às questões de gênero, raça e geração, incluindo
lazer e cultura no processo educacional.
• Aperfeiçoar a rede de ensino fundamental do município.
• Aprimorar os programas de alfabetização de jovens e adultos.
• Aprimorar os programas do governo federal, como Brasil Alfabetizado e ProJovem,
de modo que esses dialoguem com os novos programas da EJA Municipal.
• Aprimorar a política de entrega dos uniformes e estruturação dos materiais didáticos
escolares, assegurando sua qualidade e prazos de entrega.
• Aprimorar o transporte escolar para os alunos da rede municipal.
• Aquisição de transportes escolar para atender alunos e professores da rede
municipal.
• Promover o conhecimento científico, humanístico, artístico, tecnológico e o
desenvolvimento de valores éticos.
• Considerar a informática e as novas linguagens de comunicação, juntamente com a
formação permanente e a valorização dos educadores, a reorientação curricular e os
métodos de avaliação como aspectos indissociáveis do processo educacional.
• Reorganizar as orientações para a construção do Plano Político Pedagógico, de
modo que ele contemple as necessidades, especificidades e decisões das escolas.
• Potencializar o papel da escola nas campanhas educativas sobre temáticas de
segurança, do meio ambiente, de saúde, de trânsito e outras.
• Enfrentar os fatores de evasão escolar, especialmente dos alunos jovens e adultos.
• Implantar e aprimorar projetos e programas tais como: Bibliotecas Interativas,
Laboratórios de Informática, Ateliê de Artes e Info-Rede.
• Elaborar e implementar um plano de manutenção para os equipamentos da rede de
educação, pensando num espaço que respeite as necessidades do brincar, de
fantasiar e produzir conhecimento e pesquisa.
• Adotar como fio condutor os princípios da Educação Inclusiva, Democrática e
Solidária em todos os níveis e modalidades de ensino.
• Aprimorar a formação permanente dos educadores, com troca de experiências entre
eles.
• Consolidar a capacitação dos educadores na utilização da informática e de outras
linguagens de comunicação.
• Garantir a inclusão das crianças com deficiência, assegurando acessibilidade,
equipamentos e formação para os profissionais da rede municipal de ensino.
• Fornecer uma merenda de qualidade, utilizando alimentos da região.
• Implantar jogos escolares no decorre do ano letivo.
• Construir e reestruturar quadras esportivas nas escolas.
• Resgatar e comemoras as festas tradicionais da cidade.
• Implantar sala de reforço nas escolas, com professor capacitado para crianças em
dificuldades de aprendizagem.

CULTURA

• Realizar anualmente as festas populares ( O Coral de Vaqueiros de União, festejos
de São Sebastião, de São Francisco, e de São Judas…) de nossa gente.
• Criar o Museu e ou casa da nossa cidade.
• Resgatar manifestações culturais locais.
• Revitalizar os encontros de grupos folclóricos e festivais de cultura popular do
município.
• Criar o Fundo Municipal de Cultura, objetivando ações com maior participação dos
produtores culturais da cidade.
• Criar o Programa Teatral, destinado a incentivar o desenvolvimento de grupos
teatrais com atividades de formação em teatros da cidade.
• Criar o Programa Municipal de Fomento às Artes em União, que dará apoio a
iniciativas nas linguagens teatral, musical, literária, coreográfica, plástica e das
culturas populares tradicionais e contemporâneas.
• Promover a adesão e a incorporação do município ao Sistema Nacional de Cultura.
• Participar do Plano Nacional do Livro e Leitura, cujo objetivo é promover o livro, a
leitura, a literatura e as bibliotecas.
• Aprimorar os campos de várzea já existente.

ESPORTE E LAZER

• Implantar o Projeto ‘‘UNIÃO saudável’’, nas praças, promovendo oficinas e aulas das
diferentes manifestações culturais e esportivas e construindo pistas para caminhada,
playground, áreas para atividades corporais ao ar livre e formação da comunidade,
além de quadras e campos esportivos.
• Fortalecer as práticas esportivas na rede de escolas municipais da zona urbana e
zona rural, promovendo os jogos intercolegiais, começando pela iniciação esportiva,
passando pela disseminação do esporte em larga escala e em diferentes modalidades,
até a descoberta de talentos para o esporte competitivo. Valorizar o futebol de campo
como espaço de convivência coletiva e democratizar o uso dos campos destinados à
sua prática.
• Implantar o Projeto de União de Bem com a Vida para promover orientação e prática
de atividades física, como caminhadas, recuperação de cardíacos, acompanhamento
de hipertensos, entre outros.
• Reforma do ginásio poliesportivo
• Promover competições esportivas entre Bairros
• Construção de novo ginásio poliesportivo.

SEGURANÇA ALIMENTAR E NUTRICIONAL

• Articular amplo Programa Integrado de Segurança Alimentar e Nutricional, articulando
a política de segurança alimentar e nutricional com a política de inclusão social, a
economia solidária e o desenvolvimento econômico.
• Viabilizar a implantação de merenda diferenciada, no sentido de atender as
necessidades nutricionais das crianças matriculadas nas escolas municipais das
regiões mais carentes da cidade.
• Estimular a criação de hortas nos espaços públicos com o objetivo de realizar
atividades educativas para os alunos da rede municipal.
• Criar o Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional e realizar a
Conferência Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional.
• Promover cursos de capacitação no processamento de alimentos.
• Promover uma ampla campanha de combate ao desperdício alimentar.

INCLUSÃO SOCIAL – ASSISTÊNCIA SOCIAL:

• Criar um programa municipal que garanta a integração dos programas de
transferência de renda federal, estadual e municipal para ampliar o atendimento às
pessoas em situação de vulnerabilidade.
• Estabelecer estratégias para a implantação do Sistema Único da Assistência Social.
• Planejar as ações de assistência social, tendo como centro a família e a comunidade.
• Atendimento prioritário das ações da Assistência Social aos beneficiários dos
programas de transferência de renda, visando à emancipação das famílias.
• Adequar à rede de Centros de Referência da Assistência Social (Cras) para atender a
demanda do município nas regiões de maior vulnerabilidade.
• Potencializar o Centro de Referência Especializados da Assistência Social (Creas).
• Estabelecer diretrizes para prestação de serviços sócio-assistenciais, definir padrões
de qualidade e implementar mecanismos de controle e avaliação dos serviços das
entidades parceiras da Prefeitura.
• Aumentar a oferta de programas complementares, como microcrédito, capacitação
profissional, alfabetização de adultos, cooperativismo e ações de educação, cultura,
esporte e lazer para famílias em situação de vulnerabilidade social.
• Reestrutura e ampliar o Centro de Convivências para atender os idosos, a juventude,
através de cursos técnicos para o mercado de trabalho.

CRIANÇA E ADOLESCENTE

• Promover ações integradas nas áreas da Assistência Social, Cultura, Educação,
Esportes, Lazer e Saúde, enfocando prioritariamente a prevenção e a atenção à
família.
• Criar Programa de Conscientização e Combate à Violência Contra Crianças e
Adolescentes.
• Fortalecer e ampliar a capacidade de atendimento dos programas contra todas as
formas de violência decorrentes de negligência, abuso, maus-tratos, exploração sexual
e crueldade em relação à criança e ao adolescente.
• Privilegiar atividades sócio-educativas em meio aberto para crianças e adolescentes
em situação de vulnerabilidade, com destaque para as ações voltadas à permanência
e ao sucesso na escola.
• Implantar no município o Plano Nacional de Convivência Familiar e Comunitária, com
a participação de entidades que realizam o atendimento às crianças e aos
adolescentes em situação de abrigamento, Conselhos de Direitos e Tutelares e
Assistência Social.

MULHERES E POLÍTICA DE GÊNERO

• Implantar A Rede de Proteção à Mãe Unionense uma estratégia do SUS que tem
como objetivo assistir a gestante durante o ciclo de gravidez, desde as consultas de
pré-natal (no mínimo sete), o parto, o puerpério até o segundo ano de vida do bebê.
• Criar a secretaria municipal da Mulher.
• Divulgar e qualificar os serviços de atendimento às mulheres vítimas de violência.
• Realizar atendimento integral, humanizado e de qualidade às mulheres em situação
de violência, além de ações que visem reduzir os índices de violência contra as
mulheres.
• Ampliar as campanhas de combate à violência contra a mulher e os serviços de
atendimento às vítimas.
• Implantar as medidas previstas na Lei Maria da Penha.
• Priorizar as mulheres chefes de família e de baixa renda nos diversos programas
sociais do município.
• Desenvolver programas e atividades de cultura, esporte e lazer destinados às
mulheres nos equipamentos públicos municipais.

TERCEIRA IDADE

• Ampliar as condições de utilização, pelos idosos, dos espaços existentes, com
ofertas de serviços e atividades de convivência, incluindo o atendimento específico
aos que estão em situação de vulnerabilidade.
• Criar uma creche com idosos e crianças para trocas de experiências e propagar a
conscientização ao auxílio ao idoso
• Criar um programa Pontos de Encontro nos bairros com maior concentração de
pessoas idosas.
• Incentivar a produção cultural e de lazer para as pessoas idosas.
• Promover a valorização da pessoa idosa e a conscientização familiar quanto às suas
necessidades e direitos.
• Criar por meio de parcerias, o Programa de Cuidadores de Pessoas Idosas.
• Promover maior acessibilidade á pessoa idosa.
.
PESSOA COM DEFICIÊNCIA

• Implantar políticas e programas desenvolvidos pelo governo federal de forma
integrada às políticas e programas locais para pessoas com deficiência,
descentralizando a oferta dos serviços.
• Garantir o cumprimento da legislação voltada ao segmento das pessoas com
deficiência, pelo próprio poder público e pela iniciativa privada.
• Criar um Centro Recreativo voltados para pessoa com deficiência.,.
• Aprimorar as ações da Escola de Educação para pessoa com deficiência.
• Estimular o trabalho voluntário de assistência às pessoas com deficiência.
• Desenvolver campanhas educativas sobre os direitos das pessoas com deficiência.
• Assegurar a acessibilidade das pessoas com deficiência promovendo a adaptação de
calçadas e acessos a prédios públicos, o transporte especial, o acesso à órteses e
próteses e a capacitação de familiares para a reabilitação baseada na comunidade, de
acordo com o Decreto Federal 5296/04.

JUVENTUDE

• Criação da Secretaria da Juventude
• Reestruturar a secretária da Juventude com o objetivo de atender as reais
necessidades dos jovens da cidade.
• Fiscalizar e promover a erradicação de trabalho escravo contemporâneo
• Criar o Conselho Municipal de Juventude, para formular diretrizes, discutir
prioridades e avaliar programas e ações governamentais.
• Potencializar o projeto ProJovem, em parceria com o governo federal, visando
ampliar o atendimento aos jovens entre 15 e 18 anos excluídos da escola e da
formação profissional, e trabalhando em três eixos: elevação escolar, qualificação
profissional e ação comunitária.
• Implantar o projeto Cultura Viva, em parceria com o governo estadual, visando
fortalecer as manifestações culturais e a produção audiovisual nas comunidades e nas
escolas.
• Implantar o projeto Primeiro Emprego, em parceria com o governo estadual, para
oferecer qualificação sócio-profissional a jovens de 16 a 24 anos, desempregados,
com renda mensal per capita de até meio salário mínimo.
• Promover campanhas informativas sobre sexualidade e drogadição.
• Garantir atendimento adequado e diferenciado aos jovens em situação de drogadição
e às suas famílias, para que sejam tratados como dependentes químicos sujeitos de
direitos.
• Criar um programa incluindo aspectos relacionados à cidadania e aos direitos
humanos.

TRANSPORTE E TRÂNSITO

• Implantar um transporte coletivo alternativo na cidade para a locomoção das pessoas
nos bairros mais distantes.
• Desenvolver treinamento permanente para os trabalhadores que operam nos
transportes coletivos escolares, visando a excelência no atendimento da população
usuária.
• Viabilizar soluções para melhorar as condições de acessibilidade dos moradores da
zona urbana (lavradores) à zona rural.
• Aprimorar programa permanente de educação para o trânsito voltado para crianças
em idade escolares e adultas em geral, ou seja, pedestres, condutores e passageiros.
• Criar e implantar programa de segurança para o pedestre, inclusive no entorno das
escolas.
• Preparar a cidade para a municipalização do trânsito e implantar ações necessárias
para minimizar seus efeitos negativos no trânsito.

HABITAÇÃO

• Reduzir o déficit habitacional, buscando diferentes linhas de financiamento eações de
parcerias.
• Criar o Sistema Municipal de Habitação, Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano.
• Criar as condições para que o município possa aderir de forma plena ao Sistema
Nacional de Habitação.
• Garantir prioritariamente o acesso da população com renda de até três salários
mínimos aos programas habitacionais.
• Elaborar critérios para o atendimento habitacional, priorizando as demandas. Os
programas deverão incentivar a diversidade social, combinar soluções habitacionais.
• Participar do programa minha casa, minha vida, do governo federal.
• Elabora o plano municipal de habitação, meio ambiente e desenvolvimento urbano.
• Construir novas casas populares para população de baixa renda do município.
• Substituir casas de taipa por casa de alvenaria.
• Garantir prioritariamente o acesso da população, por renda de até três salários
mínimos aos programas habitacionais.
• Apoiar a autoconstrução na reforma e ampliação de moradias, melhorando as
condições de habitabilidade da população.

POLÍTICA URBANA

• Elaborar, executar e implantar o Plano Diretor de UNIÃO.
• Promover a renovação urbana e a revitalização do Centro da cidade.
• Criar o Programa União Bem Cuidado, priorizando o planejamento integrado dos
trabalhos de manutenção da cidade, como capina, limpeza de Ruas, poda de árvores,
pintura de guias, sinalização, desratização e iluminação, garantido uma cidade limpa e
bem cuidada.
• Implantar praças na periferia, dotando-os de segurança e descentralizando as
práticas de cultura, esporte e lazer promovidas pela Prefeitura.
• Aperfeiçoar e ampliar o sistema de coleta seletiva, coleta de resíduos e limpeza
urbana.
• Realizar a arborização e o ajardinamento dos espaços públicos e orientar sua
adequada conservação.
• Melhorar as condições de acessibilidade nas calçadas e passeios públicos.

SEGURANÇA

• Elaborar o Plano Municipal de Segurança, com participação de representantes dos
diversos segmentos da sociedade, assim como entidades e órgãos públicos ligados à
segurança pública.
• Implantar o projeto “União Legal”, criando comissão composta por agentes da
Guarda Municipal e fiscais das áreas de Tributos Mobiliários e Imobiliários, Higiene e
Saúde, Postura e Abastecimento, com o sentido de orientar os donos de bares a
cumprir as normas de funcionamento e assim prevenir situações de violência.
• Criar um programa de apoio ao jovem dependente químico e atuar com rigor visando
o cumprimento do Estatuto da Criança e Adolescente na proibição de venda de
bebidas alcoólicas, armas e outros produtos para menores de 18 anos.
• Atuar pelo desarmamento infantil, incentivando a troca de armas de brinquedo por
revistas em quadrinhos.
• Atuar de forma integrada com os Conselhos Tutelares, resguardando as
competências legais de cada órgão.

GESTÃO AMBIENTAL

• Elaborar e implantar a Política Municipal de Gestão e Saneamento Ambiental.
• Promover e fiscalizar um meio ambiente do trabalho saudável de acordo com
Organização Internacional do Trabalho
• Criar o Conselho Municipal de Meio Ambiente.
• Promover a Educação Ambiental na Rede Municipal de Ensino.
• Aterro sanitário
• Caminhões próprios para coleta de lixo, no mínimo duas vezes por semana.
• Criatórios de porcos comunitários.
• Reciclagem com orientação.
• Trabalhar para ampliação e diversificação da cobertura das redes de abastecimento
de água e do esgotamento sanitário no município.
• Intensificar as ações de fiscalização para eliminar o despejo de Lixo nas estradas,
ruas e rodovias da cidade.
• Garantir o cumprimento dos cronogramas de manutenção, da limpeza das ruas.
• Estimular as práticas de redução, triagem, reciclagem e reutilização de resíduos
sólidos.

RELAÇÃO COM AS COMUNIDADES RELIGIOSAS

• Criar e manter canais de diálogo permanente com a comunidade religiosa.
• Construir uma pauta de ações e serviços por meio dos quais as comunidades
religiosas possam contribuir para a coletividade, em parceria com a administração
municipal.
• Estabelecer uma política de cessão de equipamentos disponíveis na Prefeitura para
realização de eventos ou celebrações da comunidade religiosa.
• Apoiar e promover fóruns, debates e eventos que fomentem a religiosidade na cidade
e na região, respeitando a diversidade de orientação religiosa e a separação Igreja-
Estado.
• Aproveitar melhor a atuação social das comunidades religiosas, articulando-a com a
estrutura de atendimento social da administração.
• Criar o dia do evangélico, através do projeto de lei.

POLITICA URBANA E INFRAESTRUTURA

• Reformar as principais praças e construir novas nos bairros que ainda não existe.
• Reformar e construir um novo cemitério público.
• Promover a urbanização da entrada da cidade, com construção de canteiros.
• Reestruturar o portal da cidade.
• Construção de poços profundos da zona urbana. Reativação da creche Santa
Maria e Implantação de outras creches nos bairros. (obs: nunca existiu tal creche em União! FAKE NEWS!)

AGRICULTURA

• Reativar a escola agrícola, incentivar, aprimorar os agricultores no cultivo da Terra
• Fomentar o trabalho dos agricultores criando hortas comunitárias na margem do Rio
em parceria com a prefeitura para que esta compre toda produção e abasteça as
escolas e hospitais
• Aquisição de tratores, máquinas e equipamentos para lavoura.
• Construção de açudes na zona rural.
• Aquisição de terreno na zona rural para implantação de assentamentos, bem como
fixação do Homem no campo.
• Aquisição de uma Moto para vistoria na zona rural.
• Modernizar o processo de trabalho, com a implantação de sistemas tecnológicos que
possam dinamizar o atendimento ao cidadão e o acesso aos serviços públicos para
essa secretaria.
• Criar o programa de hortas comunitárias, com assistência técnicas para
comunidades.
• Estimular a constituição de associações de pequenos agricultores e oferecer apoio
técnico e logístico aos investimentos. Ampliar e aprimorar o funcionamento de
equipamentos públicos como mercado municipal e feiras livres.

GERAÇÃO DE RENDA

• Estimular o desenvolvimento da pratica do cooperativismo
• Apoiar as pequenas e medias empresas, favorecendo sua competitividade no
mercado.
• Estimular a criação de uma associação comercial no município.
• Organizar o comercio informal de ambulantes, definindo local próprio para está
finalidade.
• Estimular o empreendedorismo, para criar uma rede de economia com objetivo de
divulgar e comercializar produtos e serviços.

PARTICIPAÇÃO CIDADÃ

• Estimular a formação das associações de moradores nos bairros.
• Democratizar a elaboração do orçamento municipal, promovendo a participação da
sociedade local no planejamento, no acompanhamento e na fiscalização da execução
orçamentária.
• Desenvolver processos de formação continuada para conselheiro, conselheiras e
lideranças comunitárias, objetivando acesso a informação sobre o funcionamento do
poder publico e das especificidades da administração municipal.
• Desenvolver ações de participações cidadã no conjunto do governo.
• Estimular a participação das crianças e adolescentes no desenvolvimento da gestão
e nas decisões que lhes dizem respeito, estimulando o seu protagonismo e
fortalecendo sua consciência de cidadania.
Implantar o projeto ‘‘Fale com o Prefeito’’ por meio do qual esta vai realizar
audiências públicas nas quais pessoas ou grupos possam apresentar, propor e discutir
temas.

MODERNIZAÇÃO DO MUNICÍPIO

Redefinir a estrutura administrativa com a criação de novas secretarias, a saber:
secretaria do meio ambiente, secretaria da mulher, e a revitalização da secretaria da
juventude e da cultura.
• Modernizar o processo de trabalho, com a implantação de sistemas tecnológicos que
possam dinamizar o atendimento ao cidadão e o acesso aos serviços públicos
oferecidos pela prefeitura.
• Garantir que os servidores participem de forma concreta na discussão, na
implantação e na avaliação das ações realizadas.
• Implantar o planejamento estratégico que norteie todas as ações do governo, onde
cada secretária incorpore esta ferramenta de gestão na sua pratica diária.
• Utilizar o orçamento municipal para medir a eficiência, eficácia e concretude das
ações estabelecidas no Plano de Governo.
• Implantar a Ouvidoria Municipal como um canal de comunicação direta entre o
cidadão e a prefeitura, com objetivo de atender diretamente os munícipes em
reclamações sobre os serviços prestados ou por solicitações não atendidas.
• Implantar o Portal da Transparência para possibilitar aos cidadãos Unionenses o
acompanhamento e fiscalização das ações da prefeitura.

 

Disponível em: <Proposta de Governo >; acesso em, abril 2019.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: