Notícias de União e Região

Prefeito de União quer fazer empréstimo de R$ 15 MILHÕES, deixando a prefeitura endividada pelos próximos 20 anos

O empréstimo faz parte do programa “AVANÇAR CIDADES”, financiado pela Caixa Econômica Federal, via Ministério das Cidades. Caso seja aprovado, União ficará endividada até 2038

Na última sessão da Câmara Municipal de União, 06/12, os vereadores mencionaram um projeto de lei do executivo, que deve chagar à Câmara, que visa autorizar a prefeitura a contrair um empréstimo de 15 MILHÕES DE REAIS, junto à Caixa Econômica Federal; Ministério das Cidades. Trata-se do projeto AVANÇAR CIDADES – Mobilidade Urbana, do Governo Federal. União está inserida no Grupo 1 (veja abaixo as condicionalidades), que abrange municípios com até 250 mil habitantes.

FOTO: CARTILHA DO AVANÇAR CIDADES – MOBILIDADE URBANA

Para aderir ao AVANÇAR CIDADES, a prefeitura precisa entrar com uma contrapartida de 5% do valor do empréstimo, ou seja, R$ 750 mil reais. E terá carência de 48 meses para começar a pagar. Se o projeto for aprovado e o crédito liberado em janeiro de 2019, a primeira parcela só será paga em janeiro de 2023, ou seja, o próximo prefeito já vai entrar tendo que assumir uma dívida monstro! O crédito tem taxa de juros d 6% ao ano; Taxa diferencial de juros: 2% a.a; e mais taxa de risco ao crédito: 1% ao ano!

Com o objetivo de tentar convencer à população e a própria Câmara Municipal de União, de que o empréstimo é um bom negócio, amanhã: 11/12/2018, a prefeitura de União fará uma audiência pública no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, a partir das 8 horas da manhã. No convite divulgado na fan page da prefeitura, o prefeito estende o convite a TODA A POPULAÇÃO DE UNIÃO.

CONVITE DA PREFEITURA DE UNIÃO – VIA FAN PAGE

O empréstimo deverá ter como destino a pavimentação de ruas da cidade – mobilidade urbana (calçamento e asfalto). O curioso é que, durante a campanha eleitoral 2018, foram anunciados dezenas de emendas parlamentares com a mesma finalidade (calçamento e asfalto), eram tatas emendas – inclusive licitadas (ver mural das licitação no site do TCE), que daria para calçar e asfaltar toda a cidade! Pelo visto nem o próprio prefeito acredita que tais obras virão! Será que o prefeito pensa que a população vai acreditar que o seu AVANÇAR CIDADES fará o que se propõe?

FOTO: CAPA DA CARTILHA AVANÇAR CIDADES MOBILIDADE URBANA

O município de União vivencia uma situação muito delicada, sendo inclusive tema de recente matéria veiculada na TV Clube – afiliada da Globo, na qual mostrou a situação de desespero de dezenas de trabalhadores de uma empresa terceirizada, contrata pela prefeitura. São vigias, motoristas, zeladores e o pessoal da limpeza pública com até 04 meses de salários atrasados! Um prefeito que fecha escolas, que não dar conta de fazer o hospital funcionar plenamente, que não dá continuidade a obras paradas, como a creche do Residencial Santa Helena, por exemplo; um prefeito que atrasa os repasses da PREVI, etc. Será que merece a confiança do povo de União?

A população e a Câmara Municipal de União estão diante de uma grande responsabilidade. É o futuro do município que está em jogo! Tal empréstimo é muito parecido com os empréstimos feitos por Wellington Dias! O que o governo do estado fez com toda aquela grana? Um exemplo: o calçamento do Divinópolis! Isso mesmo, aquele em que o caminhão do lixo ficou atolado; não muito diferente de David Caldas – lá foi um ônibus que atolou no meio do calçamento – os dois calçamentos foram recém construídos!

CAMINHÃO DO LIXO ATOLADO NO CALÇAMENTO DE DIVINÓPOLIS

União nas condições atuais está preparada para ficar endividada até 2038?

1 comentário
  1. Flávio Diz

    Se não a condições para fazer, ao invés de se endividar,por quê não faz parceria público privada ou mesmo faz aos poucos com os recursos que tem.Para aumentar o orçamento deveria ser atrativa para empreendimentos e consequente aumento de arrecadação.Enfim, há várias formas de consertar a cidade.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: