Home / Manchete / As profecias do “Dr. Chaleira”!

As profecias do “Dr. Chaleira”!

Cruzamento das ruas Thomas Gonçalves com a David Caldas – Centro de União

 

“de Dr. para Dr…!”

 

Não é de agora que a limpeza pública de nossa cidade deixa a desejar. Nos primeiros anos do século XX, a falta de zelo com nossas ruas e logradouros públicos chamaram atenção de um dos mais célebres “unionenses”: Fenelon F. Castelo Branco. Ele, através de pseudônimos passou a criticar a administração municipal (Intendência –  hoje PMU) através de poemas satíricos, publicados no jornal “O Estanhado”, de propriedade do comerciante e delegado Agnelo Sampaio.

Pois bem. Esses poemas podem ser tranquilamente “transplantados” para os dias de hoje. Conforme vemos na imagem acima, a situação continua a mesma. O poema “A Limpeza Pública” (1916/17), de autoria do Dr Chaleira, tornou-se uma profecia, conforme nos deparamos com a triste realidade que vive atualmente o município de União. Acompanhemos o poema a seguir:

 

Aqui há muito lixo, ali também…!

Podridões nesta rua, noutra charco,

Nos pântanos mephiticos me encharco,

Que aqui os encontros, ali…além…!

Dir-se-á que o recurso é muito parco,

E por isso a communa houve por bem

Não gastar na limpeza um só vintém!

Mas eu nessa canoa não embarco.

Limpeza da cidade nem por fita,

D’esse assunto a Intendência não cogita;

Por isso o dinheiro é tão poupado!

Mas há p’ra pagar ao Intendente;

Vejam bem: p’ra pagar-lhe mensalmente

Trezentos e cinquenta de ordenado!

 

Dr. Chaleira (Fenelon Castelo Branco)

 

frei Cegonha

COMPARTILHE:

Veja Também

O QUE ERA PARA SER UMA SIMPLES COBRANÇA NA TAXA DO IPTU TERMINOU GERANDO POLÊMICA

A prefeitura de União iniciou a entrega de carnês e a efetiva cobrança do IPTU …