esporte

Fifa muda estatuto e descentraliza escolha de países-sede para Copa

A primeira votação com o novo formato irá determinar onde será a Copa-2026. Os votos são secretos. Os Mundiais de 2018 (Rússia), e de 2022 (Qatar), já estão confirmadas.

A primeira votação com o novo formato irá determinar onde será a Copa-2026. Os votos são secretos. Os Mundiais de 2018 (Rússia), e de 2022 (Qatar), já estão confirmadas.
Segundo a Fifa, a alteração visa democratizar o processo de escolha dos Mundiais.

Desde a Copa de 1974, na Alemanha, o responsável por apontar os locais que recebem os eventos era o Comitê-Executivo. Os 24 membros são indicados pelas confederações continentais, como a Conmebol, da América do Sul. A eleição era fechada.

Esse grupo, que tem Marco Polo Del Nero, vice-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), como um dos representantes da América do Sul, analisará as candidaturas e indicará os países para a votação.

A discussão sobre a mudança no processo de escolha começou após suspeita de compra de votos para as sedes de 2018 e 2022. A eleição, que teve como vencedores a Rússia e o Qatar, foi em dezembro de 2010.

O renovado comitê de ética da entidade, que passou a funcionar no segundo semestre de 2012, investiga os casos, mas é improvável que haja impugnação do resultado.

No Congresso anual de 2011, em Zurique, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, pôs a possibilidade de mudança em votação entre os filiados e a aprovação foi esmagadora: 176 a favor e quatro contra.


Leia mais em: http://www1.folha.uol.com.br/esporte

 

Fonte: FOLHA DE SÃO PAULO
Data publicação: 25/01/13, 10h35

 

 

 Mais Esporte

Galeria de Imagens
GEOGRAFIA

GEOGRAFIA

Igrejas e Capelas

Igrejas e Capelas

GaleriaMix

GaleriaMix

Pela primeira vez, o desfile cívico aconteceu na região da comunidade Tabocas

Prefeito Gustavo Medeiros fala sobre a situação encontrada na prefeitura de União

Folha de União Nº86

Folha de União Nº85